– UAKids: O que significa Garatuje e por que esse nome?

 – Cazé Araújo – Garatuje vem do verbo garatujar. Garatuje é a conjugação do verbo no subjuntivo “que eu garatuje”, está na ação do fazer. São desenhos feitos por crianças, seus primeiros traços.

Achamos muito legal associar nossa empresa que trabalha com artigos infantis a traços que remetem o primeiro estágio da expressão gráfica dos pequeninos.

– UAKids: Como surgiu a Garatuje?

– Cazé Araújo – A Garatuje surgiu há dois anos é uma empresa nova, e foi criada dentro da nossa busca de comprar presentes para as crianças da nossa família. Essa era uma tarefa muito difícil: encontrar no mercado algo que nos agradasse de verdade.  E já havíamos vivido essa experiência com o nosso filho, quando buscávamos artigos pra decoração do quartinho dele, vimos que era uma caminhada na contra mão encontrar no mercado tradicional produtos que combinasse com o nosso gosto: alegres e coloridos que pudessem dar um ar de criatividade e diferença na decoração. Nessa época resolvemos por a mão na massa e partimos pra fazer toda decoração. Como a minha esposa tem experiência em decoração e eu sou artista plástico e professor de artes, esse processo não se tornou difícil, ao contrário muito gostoso e prazeroso.

– UAKids: Como surgiu a idéia dos postrs com arte feitas a partir do desenho de criança?

– Cazé Araújo – Esse achado foi muito legal, pois sempre fui apaixonado por garatujas e outros desenhos infantis. Vimos que o mercado voltado pra esse nincho era muito estreito, pois a decoração é formal e com produtos criados com poucas cores e muitas vezes repetitivos, é massivo e pré-fabricado, ou seja, é um padrão, uma visão do adulto pra criança.

Então, pensamos em agregar uma arte produzida “De Criança Pra Criança” para a decoração do quartinho de outras, buscando uma mesma linguagem e criar uma identidade.

Sendo esse um meio de incentivá-las a continuarem a se expressarem pelo desenho numa era tão tecnológica, onde cada vez mais se torna comum os pais darem a esses baixinhos desde a primeira infância um celular ou mesmo um jogo eletrônico. A criança que participa com o seu desenho, além de ter seus nomes impressos nos posters, e divulgados juntos com os seus trabalhos na internet ou outros meios de divulgação que a Garatuje Decor julgar necessário, tem um incentivo financeiro em percentual nas vendas de cada produto que leva sua arte, ou seja, se mais tarde resolvermos criar outro produto com o desenho dela, ela terá uma participação em percentual por produto vendido com a sua imagem. Isso tudo ocorre com autorização por escrito dos pais em contrato de concessão de imagem. O que fazemos muito é a linha de posters pra presente, os pais compram a arte dos seus filhos impressas pra eles distribuírem para os dindos, vovós e titias entre outros, nós cobramos um número mínimo de impressão e não cobramos pela arte, na verdade esse tipo de proposta também é bem legal, pois as pessoas mais próximas são carinhosamente presenteadas com um momento importante na vida do nosso filho, e sem falar que é um mimo que fica pra sempre.

Vejo na minha família crianças que não desenham mais. Outro dia pedi a uma amiga um desenho de sua filha pra por na nossa galeria, ela simplesmente não tinha nada da criança, disse que a filha não desenhava. Então, como professor de arte me senti na obrigação de fazer algo que pudesse trabalhar a auto-estima e incentivar as crianças o retorno ao desenho, e nada melhor que por em prática um resultado profissional nos seus trabalhos como forma de valorizar a sua criação. E vou te dizer: A criançada gosta! Elas curtem verem seus desenhos trabalhados e expostos em nossa galeria de pôsteres.

– UAKids: E você como vê esse trabalho? O que ele representa pra você?

– Cazé Araújo – É muito boa essa pergunta, pois eu sempre comparo os desenhos dessas crianças às obras do Miró e do Picasso.

Miró por se apropriar do lúdico infantil como elemento para suas pinturas e gravuras, de forma primorosa e apaixonante, e Picasso por sua tradicional frase: “Queria poder pintar e desenhar como uma criança…”, na verdade esse gênio da pintura reconhecia o esplendor da arte inocente, livre de conceitos, livre de criticas, simplesmente sendo, representando de forma livre o instante da criação, sem laços e responsabilidades com o mundo real, e ao mesmo tempo sendo real.

– UAKids: A Garatuje Decor tem outros projetos futuros?

– Cazé Araújo – Sim, estamos elaborando um bazar, onde uma mãe que tem um produto Garatuje Decor em boas condições e não usa mais pode nos enviar, e nós damos um desconto na próxima compra em um produto do mesmo valor. Esses produtos quando chegam a nossa empresa passa por uma averiguação e higienização. Na verdade, mais que o desconto, buscamos fazer a “Corrente do Bem”, pois esse produto será doado para uma outra mãe cadastrada,ou empresa que trabalha com assistência a grávidas ou mães carentes que não tem condições de dar pro seu filho um enxoval pro quarto do seu bebê. E essa mãe que doou faz parte da nossa corrente.

A nossa intenção é cada vez mais agregar a nossa empresa valores que façam diferença, para que ela cresça com uma consciência social, sem com isso ser assistencialista.

– UAKids: Qual a mensagem que a Garatuje Decor deixa pras crianças?

– Cazé Araújo – Pode ser ou parecer um clichê, mas é a frase mais certa e verdadeira que já ouvi: as crianças são o futuro do nosso país! Eu digo mais, pois, com certeza são elas o futuro do nosso planeta, por isso se faz importante que elas vivam intensamente o que a infância lhes proporciona. Sejam crianças!  Brinquem, corram, pintem, sorriam, gargalhei, garatujem com certeza esses momentos felizes desenharão um futuro melhor pra todos nós!

E eu agradeço a Deus todos os dias pela criança que fui e hoje a criança que mora em mim!

Deixo aqui o meu muito obrigado a todas as pequenas e pequeninos por cada riso gostoso que alegram o nosso planeta!